sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Passatempo 2000 gostos - Sparkly Vegan

Como chegámos aos 2000 gostos na página de Facebook do blog (https://www.facebook.com/sparklyvegan), decidi que era altura de fazer um passatempo para celebrar.


Com este passatempo, tenho para oferecer duas embalagens de gel de banho da marca Original Source (ambos com certificado Vegan) nas variedades "Manga" e "Menta e Árvore de Chá" (os meus preferidos).
Igualmente para oferecer tenho o livro "The Ultimate Book of Vegan Cooking" (em inglês) com imensas receitas 100% vegetais e dicas úteis para quem se está iniciar no veganismo.

Para participar no passatempo basta fazer o seguinte:
- Gostar da página de Facebook "Sparkly Vegan" - https://www.facebook.com/sparklyvegan
- Gostar da página de Facebook "Fluffy Friends" - https://www.facebook.com/sofluffyfriends/
- Colocar gosto E identificar um amigo num comentário desta publicação - https://www.facebook.com/sparklyvegan/photos/a.806214482747243.1073741828.805865669448791/919092141459476/?type=3&theater
- Preencher o formulário abaixo.

[PASSATEMPO TERMINADO - Em breve será anunciado que ganhou os prémios.]

Este passatempo não está associado de alguma forma com as marcas do gel de banho ou do livro aqui oferecidos.
Estes produtos foram adquiridos pelo "Sparkly Vegan".


quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Salada de Outono - com batata-doce e pêra caramelizadas

Agora que chegámos ao Outono, não há nada como uma saladinha completa para nos aconchegar :D

Salada de Outono


Ingredientes:
- 1 batata doce grande
- 2 pêras
- 2 colheres de sopa de açúcar mascavado
- 1/2 xícara de quinoa
- 1 pepino
- 1/2 cebola roxa
- rúcula a gosto
- 1/4 xícara sementes de girassol
- 1/3 xícara de cranberries (arandos) secos
- 1/3 xícara pistachios torrados
- azeite
- sal e pimenta
- vinagre balsâmico

Instruções:

Começamos por pré-aquecer o forno a 200ºC.
Descascamos e lavamos bem a batata-doce e cortamo-la aos cubinhos.
Cortamos também aos cubinhos as pêras. (Eu mantive a casca).
Colocamos a batata-doce e a pêra num tabuleiro de forno e regamos com um pouco de azeite.
Espalhamos o açúcar mascavado, sal e pimenta a gosto.
Levamos ao forno para caramelizar, durante cerca de 40 minutos (mexendo de vez em quando).

Para o resto da salada, começamos por tostar ligeiramente a quinoa.
Num tacho, adicionamos um pouco de azeite e a quinoa.
Levamos a lume médio até a quinoa começar a saltitar e dourar ligeiramente.
Convém ir sempre mexendo para não queimar.
De seguida, adicionamos 1 xícara de água (ou de caldo de vegetais) e levamos a ferver.
Tapamos, reduzimos o lume e deixamos cozer por 15 minutos.
Desligamos o lume e esperamos 5 minutos, até abrir e mexer com um garfo.

Depois das batatas e pêras caramelizadas e da quinoa feita, arranjamos a salada.
Colocamos uma base de rúcula numa taça grande.
Cobrimos com a quinoa, de seguida colocamos as batatas-doces e a pêra e por fim, adicionamos o resto dos ingredientes.

Tempera-se com um pouco de azeite, vinagre balsâmico e pimenta.

E está pronta!
Bom apetite!


Receita original aqui.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Almoço no "The Green Room" (Lisboa)

Ontem foi um dia em que passei por Lisboa e por isso decidi experimentar comida vegana num espaço diferente.

Já me tinham falado bem do restaurante "The Green Room" que, apesar de não ser vegetariano, oferece pratos 100% vegetarianos (tanto nas entradas, como nos pratos principais e sobremesas).

O restaurante é pequenino mas acolhedor.

Aqui ficam os pratos que pedi:

Guacamole de Beterraba com Pão caseiro

Estava absolutamente divinal!!!
Dos melhores Guacamole's que já provei :D

Hamburguer vegano de Feijão Preto e Arroz acompanhado com batatas doce fritas

Eu tinha dito que o Guacamoles estava divinal. Por isso nem sei como descrever este prato...
Perfeição completa! Batatas estaladiças e hamburguer cheio de sabor.
Vinha também com guacamole e cebola caramelizada.


Recomendo este espaço a todos os veganos e não veganos!
Comida deliciosa e aconchegante. Empregados Simpáticos!
Preços um pouco caros, mas compensa se se quiser comer bem :D

Mais informações sobre o restaurante (menu, preços, localização, horário):
Zomato - https://www.zomato.com/grande-lisboa/the-green-room-cais-do-sodr%C3%A9-lisboa
Facebook - https://www.facebook.com/thegreenroomlisboa
Website - http://thegreenroom.pt/pt/


domingo, 4 de outubro de 2015

Chana Dal (Prato Indiano)

Trago-vos hoje mais um "sabor do mundo". Desta vez temos uma adaptação de um prato indiano.
Tinha em casa uma embalagem de chana dal seca e decidi experimentar pela primeira vez cozinhá-la.
Fiquei extremamente satisfeita. Este prato saiu imensamente saboroso!


Deixo desde já algumas dicas:
Chana Dal é um tipo de grão indiano e que não se encontra facilmente nos supermercados portugueses.
Eu comprei o meu numa loja indiana no Martim Moniz, Lisboa.
Em alternativa, poderão ser usadas lentinhas. Ficará igualmente delicioso.

Eu usei as especiarias que tinha em casa. Algumas destas foram também compradas em lojas indianas. Recomendo usar as especiarias a gosto pessoal e de acordo com o que se consegue arranjar ;)

Chana Dal (Prato Indiano)

Ingredientes:
- 3/4 xícara chana dal (ou lentilhas em alternativa)
- 3 xícaras de água
- 1/4 colher de chá de cúrcuma (açafrão da Índia)

- 2 tomates grandes, picados
- 5 dentes de alho picados
- 1 cebola picada
- 1 colher de chá de cominhos
- 1/2 colher de chá de paprika
- 1/4 colher de chá de cúrcuma (açafrão da Índia)
- 1/4 colher de chá de gengibre em pó
- 1 colher de chá de coentros em pó
- 1/2 colher de chá de garam masala em pó
- 1/2 colher de chá de manga seca em pó
-  pitada de asafoetida
- 2 colheres de sopa de azeite
- sal a gosto
- coentros/salsa frescos a gosto


Instruções:
Começa-se por lavar muito bem a chana dal (ou as lentilhas) em água corrente.
De seguida, deixam-se de molho por cerca de 1 hora para hidratarem.

Passado esse tempo, escorre-se a chana dal e coloca-se numa panela de pressão.
Adiciona-se a cúrcuma e a água.
Fecha-se bem a panela de pressão e coloca-se em lume médio-alto, até começar a sair vapor da panela.
Coloca-se então em lume médio-baixo e deixa-se cozer por cerca de 10 minutos.

Ao final desse tempo, desliga-se o lume e aguarda-se que o vapor saia da panela.
Abre-se a panela (com cuidado, pois ainda estará quente) e verifica-se se a chana dal está cozida.

De seguida, coloca-se as 2 colheres de sopa de azeite numa wok ou frigideira grande e coloca-se em lume médio.
Deitam-se os dentes de alho picados e deixam-se fritar até ficarem ligeiramente dourados.
Adiciona-se de seguida a cebola picada e deixa-se refogar até estas ficarem douradinhas.

Adicionam-se agora os tomates picados e mistura-se tudo muito bem.
Deitam-se todas as especiarias e deixa-se tudo refogar até os tomates amolecerem.
Vai-se mexendo constantemente.

Adiciona-se ao refogado a chana dal, juntamente com a sua água de cozedura e mistura-se tudo.
Tempera-se com sal a gosto e deixa-se cozer mais uns 6 a 8 minutos para que o refogado ganhe alguma consistência.

Finalmente adiciona-se um pouco de salsa ou coentros picados e mistura-se bem.

Bom apetite!

Este prato fica maravilhoso acompanhado de um arroz branco e uma salada verde simples :D

Receita adaptada do blog Veg Recipes of India