sábado, 28 de março de 2015

Visita à banquinha da '100% Saboroso'

Fiz hoje uma visita à banquinha da '100% Saboroso' na feira Rota D´Artes - Produtos Bio e Naturais em Sintra.


A '100% Saboroso' é a "Primeira Street Food de Comida Vegetariana" (ovo-lacto-vegetariana) em Portugal ;)

Fica então aqui a minha opinião:

Achei os donos/empregados extremamente simpáticos e acessíveis. Foram mesmo uma simpatia.

Limpeza máxima. Tudo está muito apresentável. Desde o usar de luvas para preparar os alimentos, ao ser uma pessoa diferente a receber o pagamento.


Menu variado dentro do possível. Tenho pena que as opções não sejam todas vegetarianas. Mais de metade delas contém derivados :(
Pelo que percebi apenas a "Sandwich Caprese Vegan" e o "Burguer '100 Carne'" são 100% vegetais.
Fiquei com pena de não poder experimentar o "Cachorro 100% Saboroso" pois este estava "a sorrir para mim" xP

Acabei por pedir a Caprese Vegan num wrap e uma limonada de morango.
Em primeiro lugar, a limonada estava fantástica! Gostei mesmo muito.
Em relação ao wrap Caprese Vegan, não desgostei, mas não sei se volto a pedir. Gostei bastante da adição de pêra (como substituto da mozarella) mas, o pesto de avelãs e caju para mim é demasiado amargo e nem o sabor da pêra é suficiente para contrastar com o sabor deste.
Este wrap é sem dúvida bem fresquinho, mesmo bom para dias quentes ( e hoje até esteve relativamente quente ao sol). Teria adorado o wrap não fosse o pesto tão amargo.


Para finalizar:
Sem dúvida que recomendo a "100% Saboroso" a quem puder experimentar, seja vegan, vegetariano ou outra coisa qualquer.
A simpatia das pessoas valeu imenso e, numa próxima vez, experimentarei o burguer.


Podem seguir a "100% Saboroso" no facebook https://www.facebook.com/100porcentosaboroso e ir vendo os sítios onde passarão :)

quinta-feira, 26 de março de 2015

Caldeirada Marinha

Aqui está mais uma adaptação do tradicional prato português Caldeirada de Peixe, mas na versão sem crueldade.
O Peixe é substituído por tofu e algas.


Caldeirada Marinha

Ingredientes:
- 500g de tofu
- 10 a 20g de algas Esparguete do Mar
- 2 tomates grandes
- 700g batatas vermelhas
- 2 cebolas grandes
- 1 folha de louro
- 1 pimento vermelho
- 2 dentes de alho
- 2 malaguetas (opcional)
- 1 xícara de vinho branco
- 1 colher de chá de açúcar (ou outro adoçante)
- 2 colheres de sopa de polpa de tomate (opcional)
- Raminho de salsa picado
- Água
- Azeite
- Sal
- Pimentão Doce em pó

Instruções:
Comece por descascar e cortar as cebolas em meias luas, picar os dentes de alho, fatiar o pimento vermelho (retirando as sementes) e picar as malaguetas
Num tacho largo forre o fundo com azeite e coloque metade da cebola, o alho e a folha de louro.
Coloque refogar e,  quando a cebola estiver translúcida, acrescenta-se o pimento e as malaguetas picadas.
 Corte os tomates em fatias e disponha metade destes sobre o refogado, acrescentando uma colher de chá de açúcar ou outro adoçante.
Regue com uma xícara de vinho branco e deixe levantar fervura.
Pode acrescentar agora um pouco de polpa de tomate.
Corte o bloco de tofu em cubinhos e adicione ao refogado.
Corte as algas em pedacinhos com a ajuda de uma tesoura e acrescente também ao refogado.
Lave e descasque as batatas. E, corte-as em rodelas fininhas. Disponha-as por cima do tofu.
Junte agora o resto da cebola e, por cima, o resto do tomate.
Regue com água a ferver (até esta preencher metade do tacho) e tempere com sal e pimentão doce a gosto.
Tape e deixe cozer em lume brando por cerca de 20 minutos sem mexer.
Passado esse tempo, verifique se a caldeirada está pronta, verificando se as batatas amoleceram.
Desligue o lume e polvilhe com a salsa picada.
O segredo desta receita está nas várias camadas de ingredientes. Estes nunca deverão ser misturados e deverão ser cozidos lentamente, sem mexer.

Bom apetite!

terça-feira, 24 de março de 2015

Compras vegetarianas (vegan) no Martim Moniz

Hoje consegui fazer uma visita ao Martim Moniz e decidi fazer umas comprinhas em alguns supermercados chineses e indianos.

Fotos de parte das compras:



Supermercados Chineses:

No supermercado Chen, comprei:
- Algas pretas secas - 1,95€
- Pele de Soja (Yuba) - 3,20€
- Massa de Soja - 1,75€
- Molho Sriracha 150ml - 0,95€
- Tofu firme (500g) (não aparece na foto) - 1,20€
- Tofu mole (500g) (não aparece na foto) - 1,20€
- Tofu macio em folha (não aparece na foto) -2,50€
- Tofu frito (não aparece na foto) -2,70€
- Dumplings (ravioli) de vegetais (não aparece na foto) - 4,75€
- 100 folhas de alga noori para sushi - 8,90€

Morada do Supermercado Chen:
Rua da Palma N.220 - Lisboa (Martim Moniz)

Opinião:
Eu gosto bastante deste supermercados, aliás é a segunda vez que lá vou.
Apenas não me agrada muitos dos produtos não terem rótulo português (nem inglês, espanhol, francês,...) aparece mesmo só em chinês o que dificulta imenso a compreensão.
O supermercado tem uma grande variedade de produtos, não só chineses como outros produtos orientais, nomeadamente produtos chineses e coreanos.
Não é dos mais arrumados mas os produtos são bastante baratos.
Os empregados apesar de falarem pouco português são bastante simpáticos.


No supermercado Hua Ta Li, comprei:
- Esteira de bambu para fazer sushi - 1,80€
- Vinagre de Arroz para sushi (500ml) - 3,45€
- Cogumelos Shitake secos (80g) - 1,60€

Morada do Supermercado Hua Ta Li:
Rua Fernandes da Fonseca N.16 - Lisboa (Martim Moniz)

Opinião:
Ao contrário do supermercado Chen, o Hua Ta Li está bastante organizado e todos os produtos que vi tinham rótulo em português.
Empregada da caixa muito simpática e pareceu falar fluentemente português.
Não encontrei tanta variedade de produtos como no Chen.


Em relação a estes dois supermercados chineses:
O Chen eu já conhecia, daí ter lá ido primeiro. Se voltasse lá agora, começaria pelo Hua Ta Li, pois está melhor organizado e tem a facilidade dos rótulos em português. Além disso, a empregada da caixa pareceu perceber bem português o que pode facilitar se tivemos algumas questões sobre algum produto.
No entanto, como reparei que o Chen tem mais variedade de produtos, iria lá a seguir para procurar os restantes produtos.



Loja Indiana:

Na loja Popat Store, comprei:
- Chana Dal (grão de bico partido e pelado) 1Kg - 1,95€
- Farinha de Milho Amarelo 1Kg - 1,40€
- Coco ralado 250g (não aparece na foto) - 1,50€
- Pimentão Doce em Pó 100g (não aparece na foto) - 1,25€
- Canela em pauzinhos partidos 100g (não aparece na foto) - 1,25€
- Óleo de coco refinado 500ml - 3,95€
- Caril de Goa em pó - 3,50€

Morada da loja Popat Store:
Centro Comercial da Mouraria loja 251/252 (Corredor do Metro) - Lisboa (Martim Moniz)

Opinião:
É a segunda vez que visito esta loja, da primeira vez comprei imensa coisa que ainda tenho.
Os produtos são de qualidade e geralmente são bastante baratos.
Empregados simpáticos e com facilidade no português.
Todos os produtos têm rótulo em português.
Como ponto negativo apenas o Caril de Goa, achei 3,50€ demasiado caro. Culpa em parte minha que antes tinha na mão um caril a 0,90€ e depois vi este que me agradou mais. Em lado nenhum estava o preço do Caril de Goa e só depois de pagar me apercebi do quanto caro foi.



Para além dos produtos acima mencionados, recomendo comprar frutos secos (tâmaras, amêndoa, caju,...) nestes supermercados (indianos e chineses) pois sai mais em conta.
Se bem me recordo o caju na Popat Store estava a 12€ e tal o quilo. Um preço fantástico em comparação aos 16€ e tal que se vêm nos supermercados portugueses. Além disso este caju é de boa qualidade, foi o que usei nas receitas de queijos vegetais que publiquei aqui no blog.

Já sabem, se quiserem visitar o Martim Moniz, ficam aqui com estas dicas :D
Boas compras!

segunda-feira, 23 de março de 2015

Cupcakes de Alfarroba com Ninhos de Passarinhos

A Primevera chegou e traz com ela os passarinhos e os seus ninhos :-)
Aqui fica a receita de uns cupcakes de alfarroba lindos!


Cupcakes de Alfarroba com Ninhos de Passarinhos

Ingredientes:
Para os Cupcakes (12):
- 1 1/2 xícaras de farinha branca
- 3/4 xícaras de açúcar
- 1/3 xícara de farinha de alfarroba
- 1 colher de chá de fermento químico
- 1/2 colher de chá de sal
- 1/4 xícara de óleo vegetal
- 1 colher de chá de extracto de baunilha
- 1 xícara de água

Para o Glacé (Frosting):
- 2 xícaras de icing sugar
- 3 colheres de sopa de leite vegetal
- 1/3 de xícara de manteiga vegetal
- 1 colher de chá de extracto de baunilha

Para "Os Ninhos de Passarinhos":
- Líquido de uma lata de feijão branco cozido (ou de grão cozido)
- 1/2 xícara de açúcar
- Amêndoas palitadas torradas
- 1 quadrado de uma tablete chocolate negro
- 1 colher de chá de extracto de baunilha

Instruções:
Para os cupcakes (12 unidades):
Pré-aqueça o forno a 180ºC e coloque forminhas de papel em formas para cupcakes.
Numa taça, peneire a farinha branca e a farinha de alfarroba. Deite o fermento e o sal e, misture tudo bem.
Numa outra taça deite o açúcar, o óleo, o extracto de baunilha e a água e, misture tudo.
Verta agora a mistura líquida para cima da mistura seca e mexa tudo bem até ficar uma mistura cremosa.
Com a ajuda de uma colher (usei uma colher de servir gelado) distribua a massa pelas forminhas (12).
Coloque as formas no forno e aguarde cerca de 20 a 22 minutos, até os cupcakes estarem feitos.
(Verifique se consegue espetar um palito nos cupcakes e este sair limpo)

Para o Glacé:
Deite a manteiga para um recipiente e comece a bater com uma batedeira eléctrica.
Vá deitando o icing sugar pouco a pouco e, no final, o leite vegetal.
Deite agora o extracto de baunilha e coloque a batedeira eléctrica no máximo até a mistura ficar toda incorporada.

Para os Passarinhos (Merengues):
Deite o líquido da lata de feijão (ou grão) para uma taça, juntamente com o extracto de baunilha e o açúcar.
Com uma batedeira eléctrica comece a bater a mistura até que esta fique com consistência semelhante a claras em castelo (a mistura irá ficar bem brilhante e irá ganhar forma).
Num tabuleiro forrado com papel vegetal coloque bocados da mistura, para fazerem os passarinhos.
Coloque no forno a 90ºC por cerca de hora e meia a duas horas.
Para saber se estes "merengues" estão feitos verifique se ao abanar o tabuleiro, estes já não estão líquidos.
Assim que desligar o forno, deixe-os arrefecer por 15 minutos, antes de os remover do papel vegetal.

Depois de os cupcakes estarem a temperatura ambiente, com a ajuda de uma espátula, cubra o topo destes com o glacé e polvilhe com a amêndoa torrada para formar o ninho.
De seguida, coloque um pouco de glacé por baixo dos "passarinhos" e coloque um em cada cupcake.
Com uns palitinhos de amêndoa faça os bicos dos passarinhos e com a ajuda do glacé cole-os nos passarinhos.
Finalmente, coloque um quadrado de chocolate negro no microondas (por cima de papel vegetal) por cerca de um minuto, ou até derreter ligeiramente.
Com a ajuda de um palito faça os olhinhos dos passarinhos com o chocolate.

Feito!
Não ficaram engraçados?





Ideia dos Ninhos retirada de aqui.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Bolo de Chocolate Épico!

Aqui está uma receita fantástica para quem gosta de bolo de chocolate livre de crueldade :D


Bolo de Chocolate Épico

Ingredientes:
300g margarina (sem derivados)
300g farinha branca (pode ser sem glúten)
300g açúcar (usei mascavado)
2 colheres de chá de extracto de baunilha
200g iogurte de soja (recomendo usar com sabor a baunilha)
2 colheres de chá de fermento
1/2 colher de chá de goma xantana (apenas se usar farinha sem glúten)
70g cacau em pó
6 colheres de sopa de leite vegetal
Frutos silvestres a gosto

Para a cobertura:
Chocolate Negro em tablete
200g icing sugar
4 colheres de sopa de cacau em pó
100g margarina (sem derivados)
2 colheres de sopa de iogurte de soja (recomendo de baunilha)

Instruções:
Pré-aqueça o forno a 190ºC e unte (com margarina e farinha) duas formas redondas (recomendo com a base amovível)  com cerca de 20 cm.
(Poderão apenas usar uma única de forma e fazerem as partes do bolo, uma de cada vez)
Coloque no fundo das formas um círculo de papel vegetal com a dimensão da base da forma.

Numa taça, adicione a margarina e açúcar e bata durante cerca de 5 minutos (recomendo usar uma batedeira eléctrica). Adicione o extracto de baunilha e o iogurte e misture tudo.
Com a ajuda de uma peneira, adicione agora a farinha,  fermento, goma xantana e cacau em pó.
Misture tudo com uma colher de pau e adicione o leite vegetal.
Mexa tudo bem até ficar uma textura cremosa.

Divida a mistura pelas duas formas e coloque-as a meio do forno.
Deixe cozer por cerca de 15 a 20 minutos ou até colocar um palito no centro dos bolos e este sair limpo.
Quando estiverem prontos, deixe-os arrefecer por 5 minutos e depois desenforme-os e coloque-os numa grelha de arrefecimento para que terminem de arrefecer.

Para a cobertura, peneire o icing sugar e o cacau em pó para uma taça e de seguida adicione a margarina derretida.
Misture tudo bem e adicione o iogurte. Mexa tudo até estar um creme homogéneo.

Quando os bolos arrefecerem, coloque um deles num prato de servir e com cuidado espalhe cerca de metade da cobertura de chocolate.
Coloque cerca de metade dos frutos silvestres e cubra agora com o outro bolo.
Coloque agora o resto da cobertura por cima do segundo bolo e, decore com os restantes frutos silvestres.
No final, coloque algumas raspas da tablete de chocolate.


Este bolo é bem mais fácil de fazer do que pode parecer e, os frutos silvestres dão-lhe um ar magnifico.

Mais que recomendado!


Receita adaptada de "Epic Chocolate Cake" de Jamie Oliver 

domingo, 15 de março de 2015

Achados Vegan no Reino Unido

Deixo-vos aqui umas fotos das prendinhas Vegan que recebi hoje :D

Tenho uma pessoa conhecida que vive no Reino Unido e que de vez em quando traz-me umas coisinhas aptas para veganos!

Foto do Conjunto:
O que podemos ver na foto:
- Levedura Nutricional
- Ovos de Chocolate Branco e de Leite
- Substituto de Ovo em Pó
- Pétalas de Rosa comestíveis
- "Crumbles" com sabor a Bacon para saladas
- Caldo de Vegetais em Pó
- Chocolates tipo "After Eight"
- Coelhos de chocolate de leite e branco
- Xarope de Chocolate
- Pacotes de Falafel, Bolonhesa e Recheio de Salsichas
- Livro de receitas da "Vegan Society"

Todos estes produtos são 100% vegetais :D

Mais umas fotos dos produtos em pormenor:







Se visitarem o Reino Unido já sabem! :)


sábado, 14 de março de 2015

Viajar enquanto vegan - Cartões em várias línguas com as restrições de alimentos

Desde que me tornei vegana descobri que a língua pode ser uma barreira quando tentamos explicar no estrangeiro o que é que os veganos podem comer.
Já há um tempo que andava para fazer uns cartõezinhos com as restrições de alimentos escritas em várias línguas.
E, hoje por acaso, dei com este ficheiro pdf com os cartões traduzidos em mais de 80 línguas!

Como pode ser útil para mais alguém deixo-o aqui:



Podem fazer download do ficheiro aqui.

sexta-feira, 13 de março de 2015

'Birnen, Bohnen und Speck' - Pêra, Feijão Verde e "Bacon" (Prato Alemão)

'Birnen, Bohnen und Speck'  é um prato típico Alemão que tal como o nome indica leva Pêras, Feijão Verde e Bacon.
Nesta minha versão adaptada, o bacon foi substituído por tofu fumado.
Ficou uma delícia!

'Birnen, Bohnen und Speck' - Pêra, Feijão Verde e "Bacon"

Ingredientes:
400g feijão verde redondo congelado
250g tofu fumado
3 pêras pequenas
10 batatatinhas pequenas para cozer
1 colher sopa de amido de milho (maizena) + 2 colher de sopa de água
1 xícara de água
1/2 cubo de caldo legumes
1 chalota picada
1 dente alho picado
molho soja
pimenta preta
azeite
sal (opcional)

Instruções:
Começa-se por cozer as batatinhas numa panela em água a ferver.
O feijão verde é colocado a cozer a vapor (utilizando um acessório próprio para colocar na panela).
Enquanto isso, numa frigideira grande, deita-se um fio de azeite e frita-se a chalota e o alho até ficarem ligeiramente translúcidos.
Corta-se o tofu em fatias fininhas e coloca-se na frigideira.
Deixa-se o tofu a fritar uns minutos e de seguida viram-se as fatias ao contrário para tostarem dos dois lados.
Cortam-se as pêras em quatro partes e retira-se o caroço (mantém-se a casca).
Juntam-se as pêras à frigideira.
Quando estas estiverem ligeiramente escurecidas, colocam-se as batatinhas cozidas e partidas a meio.
Aguarda-se 2 ou 3 minutos mexendo de vez em quando e depois deita-se o feijão verde cozido.
Acrescenta-se a xícara de água e tempera-se com o caldo de legumes, molho de soja e pimenta preta.
Quando as pêras amolecerem levemente deita-se o amido de milho misturado na água e deixa-se ferver.
Quando o líquido tiver reduzido um pouco, rectificam-se os temperos e está pronto a servir!

Esta é uma receita bastante diferente dos pratos típicos portugueses mas é também muito saborosa. O tofu fumado substitui lindamente o bacon.
Receita testada e aprovada (mesmo por carnistas :D )

segunda-feira, 9 de março de 2015

Salada de Arroz Persa

Aqui está mais uma receita de uma salada de arroz fresquinha =D


Salada de Arroz Persa

Ingredientes:
1+1/2 xícara de arroz basmati
1 pepino médio
250g tomate cherry
1/4 cebola roxa picada
Para o molho:
1/3 xícara de azeite
1/2 xícara de folhas de hortelã fresca
1/4 xícara de sumo de limão
1 a 2 colheres de sopa de sal
1/4 colher de chá de pimenta preta em pó

Instruções:
Começamos por cozer o arroz.
Num tacho colocam-se 6 xícaras de água e leva-se ao lume até ferver.
Entretanto deita-se o arroz para um recipiente e vai-se lavando o arroz até que a água deste fique transparente.
Quando a água do tacho começar a ferver, deite 1 colher de sopa de sal e adicione o arroz.
Deixe o arroz cozer por cerca de 12 a 14 minutos até estar al dente. (Não convém que fique mole).
Escorra a água do arroz com um coador e passe o arroz por água fria para que pare de cozer.
Estenda um pano de cozinha lavado num tabuleiro e deite para lá o arroz.
Espalhe levemente e cubra-o com outro pano de cozinha de forma a secar o arroz.

Para fazer o molho, corte as folhas de hortelã muito picadinhas, coloque-as numa tacinha e cubra-as com o azeite.
Deixe agora o azeite aromatizar.

Corte os tomates cherry em quartos e o pepino em pedacinhos com mais ou menos o mesmo tamanho.
Numa saladeira grande deite o tomate, pepino e cebola picada e, misture tudo.

Deite agora o sumo de limão ao azeite e hortelã, juntamente com o sal e pimenta.
Misture tudo e deite metade do molho para cima dos legumes.
Deite agora o arroz por cima e envolva tudo com cuidado.
Finalmente, deite o resto do molho por cima e envolva tudo de novo.

Verifique o sabor e caso seja necessário adicione mais sal, pimenta ou azeite.

Bom apetite!

Esta salada é extremamente refrescante!

NOTA: Ao colocar o arroz no tabuleiro não use papel de cozinha. Eu cometi esse erro e parte do arroz ficou colado a este.

Receita Original "Persian Rice Salad" aqui.

domingo, 8 de março de 2015

Receita rápida de Pão de Alho em Pita

Apetece pão de alho? Tem uns pães pita que se vão estragar se não forem consumidos rapidamente?
Pão de Alho em Pita!

Todas as quantidades de ingredientes foram a olho. Aconselho a ajustarem ao vosso gosto :)

Pão de Alho em Pita

Ingredientes:
Pães Pita (sem derivados)
Azeite
Alho em pó (ou alho fresco picado)
Oregãos
Outras especiarias a gosto

Instruções:
Cortar cada pita em 8 triângulos do mesmo tamanho.
Abrir cada triângulo ao meio e separar em duas partes.
Ou seja cada pita faz 16 pãezinhos :)
Numa taçinha, deitar azeite, alho, oregãos e outras especiarias a gosto.
Misturar bem e pincelar cada triângulo (do lado interior da pita) com um bocadinho da mistura.
Levar ao forno a 190ºC por cerca de 10 minutos ou até os pãezinhos estarem ligeiramente dourados.
(Convém ir verificando pois os pãezinhos passam rapidamente de dourados para esturricados)

Podem ser comidos assim ou juntamente com algum molho. Recomendo maionese vegetal ou ketchup! :)

Bom apetite!

sábado, 7 de março de 2015

Bourekas de Tofu e Espinafres (Prato Israelita)

Aqui está mais uma adaptação de uma comida típica israelita. As bourekas são uns pasteis em massa folhado ou filó que podem levar vários recheios diferentes. Estes pasteis são originários do Império Otomano, actualmente Turquia. Na versão israelita têm tipicamente forma de triângulo e são cobertas de sementes de sésamo.

Bourekas de Tofu e Espinafres

Ingredientes (para cerca de 12 Bourekas):
- 250g de tofu
- 170g de espinafres frescos
- 2 rolos de massa folhada (rectangular de preferência)
- 1 colher de sopa de molho de soja
- 2 colheres de sopa de sumo de limão
- 1 colher de chá de pimenta preta
- 70g Queijo Vegetal tipo Gruyere (opcional)
- 4 colheres de sopa de leite vegetal
- Azeite
- Curcuma
- Sementes de sésamo 
- Natas Vegetais (caso seja necessário)

Instruções:
Começa-se por prensar/espremer o bloco de tofu para que saia a maior parte da água (Ver aqui como fazer).
Enquanto isso, colocamos todo o espinafre numa frigideira antiaderente em lume médio e vamos mexendo com uma colher de pau até que todas as folhas murchem e libertem água.
Quando o espinafre tiver reduzido para 1/4 do tamanho original, retiramos da frigideira e colocamos num coador.
Com a ajuda da colher de pau esprememos os espinafres contra o coador para que a maior parte da água escorra.
Entretanto, com o tofu já prensado, cortamo-lo aos cubinhos e colocamos na frigideira. Adicionamos pimenta, sumo de limão, molho de soja e 1 fio de azeite.
Levamos a lume médio e vamos mexendo de vez em quando.
Usando o tofu estiver ligeiramente dourado, apagamos o lume e transferimo-lo para um processador de alimentos.
Trituramos bem o tofu até este ter a consistência de "cuscuz cozido".
Deitamos de novo o tofu para a frigideira e juntamos os espinafres partidos aos bocados.
Misturamos tudo bem e verificamos se a mistura ficou demasiado seca.
Caso esteja demasiado seca deitamos um pouco de natas vegetais (apenas o suficiente para que a mistura se agarre).
Ralamos o queijo vegetal para cima da mistura e envolvemos tudo.
Abrimos os rolos de massa folhada e com a ajuda de uma faca fazemos quadrados de massa.
Em cada quadrado adicionamos cerca de 1 colher de sopa da mistura e molhamos as bordas do quadrado com um pouco de água.
Fechamos a massa na diagonal de forma a fazer um triângulo e com os dedos pressionamos para selar a massa.
Depois de todos os triângulos feitos, mistura-se numa taçinha o leite vegetal, 1 fio de azeite e uma pitada de curcuma e pincelam-se todos os pasteis.
Finalmente polvilha-se com sementes de sésamo.
Leva-se ao forno com a temperatura e o tempo indicados na embalagem da massa.
(Para mim foram 35 minutos a 210ºC).

Bom apetite!


Quando fiz esta receita, como usei o dobro do tofu, acabou por me sobrar bastante recheio.
Decidi então fazer uma quiche com base de massa quebrada.
Coloquei o recheio das bourekas em baixo e decorei com rodelas de cebola e de tomate.
Ficou também muito bom :)

Como prensar/escorrer/espremer Tofu

Algumas receitas de tofu precisam que este esteja bem escorrido, ou seja, que grande parte da água lhe tenha sido retirada.

O método que eu costumava utilizar era:
Embrulhar o bloco de tofu em papel de cozinha. Colocá-lo por cima de um pano de cozinha. Cobri-lo com outro pano de cozinha. E, colocar por cima uns quantos livros pesados. Esperar cerca de uma hora e depois descobrir que nem toda a água saiu :|

Depois de fazer umas pesquisas na internet, descobri que existem umas prensas muito engraçadas próprias para escorrer a água do tofu mas, que o seu preço é também muito engraçado. O preço médio delas era 50€...

Decidi então fazer a minha prensa de tofu caseira.

O que foi preciso:
- 2 tábuas de cozinha pequenas
- 2 pinças de fixação
- 1 prato

Coloco então o bloco de tofu entre as duas tábuas de cozinha e aperto-as com as pinças.
Ponho as tábuas em pé em cima de um prato para que a água escorra.

Isto leva cerca de 15 a 20 minutos.

Aqui fica a foto da minha "prensa" em acção:

E as fotos do "antes e depois" do bloco de tofu:




sexta-feira, 6 de março de 2015

Cheesecake de Kiwi (4 ingredientes)

Com apenas 4 ingredientes faz-se um fantástico cheesecake vegetal!



Cheesecake de Kiwi

Ingredientes:
- 250g de bolachas digestivas (sem derivados)
- 100g de manteiga/margarina vegetal derretida (sem derivados)
- 5 bananas madura congeladas
- 3 + 1 kiwis

Instruções:
Começa-se por triturar bem as bolachas e juntar a manteiga derretida.
Mistura-se bem e deita-se numa taça/forma de cheesecake.
Alisa-se com uma espátula e guarda-se a taça no congelador por 10 minutos.
Entretanto partem-se as bananas aos bocados e colocam-se num processador de alimentos.
Trituram-se as bananas até ficarem numa consistência cremosa.
Retira-se metade do creme de banana e espalha-se por cima da mistura da bolacha.
Ao resto da banana que ficou no processador, juntam-se 3 kiwis descascados.
Tritura-se tudo até ficar uma mistura homogénea.
Por fim, deita-se por cima do creme de banana a mistura de Kiwi e alisa-se com uma espátula.
Guarda-se no frigorífico por mais 10 minutos para que o cheesecake se torne mais firme.
De seguida corta-se um kiwi às rodelas e decora-se.
Está pronto!

Eu costumo guardar este cheesecake no congelador para que ele fique bem firme mas, poderá ser também guardado no frigorífico caso gostem dele mais macio.

Sugestão: O kiwi poderá ser substituído por qualquer outra fruta a gosto. O importante é que a banana se mantenha.




quinta-feira, 5 de março de 2015

Anticuchos vegetais - Espetadas de Seitan (Prato Peruano)

Aqui está mais uma adaptação de um prato internacional. Anticuchos são uma comida tipicamente peruana, mas que pode ser facilmente encontrada por toda a América Latina. São umas espetadas tradicionalmente feitas com coração de vaca e vendidas em banquinhas de rua.
Aqui na minha adaptação 100% vegetal, o ingrediente principal é o seitan!
Aconselho a fazer seitan caseiro, seguindo a receita abaixo, para um sabor mais autêntico.
Seitan de compra também poderá ser utilizado, mas não irá ficar igual.


Seitan para Anticuchos (500g)
Ingredientes:
1 xícara de glutén de trigo
2 colheres de sopa de farinha integral
1 xícara de água
1 colher de sopa de molho de Soja
1 colher de sopa de molho Inglês (sem derivados)
1/4 colher de chá de pimenta preta
1/2 colher de chá de paprika em pó
1 colher de chá de alho em pó
1/4 de cebola com casca
1 dente de alho com casca
1 folha de louro
1 cubo de caldo de legumes

Instruções:
Comece por dissolver 1/2 cubo de caldo de legumes numa xícara de água morna e, de seguida, junte o molho de soja e o molho inglês.
Numa taça misture todos os ingredientes secos (glúten, farinha, pimenta, paprika e alho).
Depois dos secos bem misturados, verta a mistura líquida nestes e mexa rapidamente com uma colher para incorporar tudo.
Quando se tornar difícil mexer com uma colher, comece a amassar com as mãos.
Para ser mais fácil eu dividi esta massa em duas partes e dei-lhe mais ou menos a forma de cilindros.
Deixe repousar cerca de 5 minutos e comece a prepar o caldo para cozer o seitan.
Numa panela de pressão deite um pouco de molho inglês, molho de soja e todas as especiarias anteriores. Deite também 1/4 de uma cebola com casca e 1 dente de alho com casca partido em 3.
Por fim adicione o resto do caldo de legumes.
Encha a panela com água (de forma a que o seitan fique submerso quando for cozer) e leve ao lume.
Quando começar a ferver, coloque a massa do seitan e feche bem a panela.
Deixe cozer por 30 minutos.
Passado esse tempo, o seitan estará pronto.
Nota: Poderá também ser usada uma panela normal para cozer o seitan mas o tempo de cozedura será de 1 hora.


Anticuchos Vegetais
Ingredientes:
500g de seitan
1/4 de xícara vinagre de vinho tinto
1/4 de colher de chá de pimenta preta
1 colher de chá de oregãos
1 colher de chá de alho em pó
1/2 colher de chá de cominhos em pó
1 colher de sopa de molho de soja
500g de batatinhas pequenas (ou batatas medias cortadas)
1 lata de cogumelos inteiros (ou cogumelos frescos)
1 pimento
1 cebola
sal a gosto

Instruções:
Começa-se por colocar o seitan a marinar. Corte o seitan em cubinhos e coloque-o num recipiente. Regue-o com o vinagre de vinho e molho de soja e polvilhe com os cominhos, pimenta, alho e oregãos.
Misture tudo bem com a ajuda de uma colher para todos os bocados de seitan adquirirem sabor.
Enquanto o seitan ficar a marinar, cozem-se as batatas.
Para batatinhas pequeninas basta lava-las (mantendo a casca) e colocar numa panela em água a ferver com um pouco de sal. 
(Para batatas médias, faz-se o mesmo mas colocam-se as batatas partidas aos bocados a cozer).
Quando as batatas amolecerem ligeiramente (permitirem espetar um garfo) mas continuarem firmes, estão prontas. Não convém que as batatas amoleçam demasiado para que não se desfaçam nas espetadas.
Cortam-se a cebola e os pimentos aos bocados e começa-se a fazer a espetadas.
Vão se colocando os ingredientes alternados no espeto (seitan, batata, cebola, pimento e cogumelos) e, de seguida colocam-se as espetadas num grelhador previamente aquecido.
No final, regam-se as espetadas com a marinada que sobrou e com mais vinagre de vinho, caso seja necessário.
O grelhador a usar poderá ser eléctrico (como eu usei), poderá ser a carvão ou, em alternativa, poderá ser um frigideira com grelha.
Caso o grelhador não seja antiaderente convém colocar um pouco de azeite para que as espetadas não colem.
Estas espetadas grelham muito rápido, eu deixei-as a grelhar até o pimento ter amolecido um pouco.
Eu consegui fazer 9 espetadas.

Ficaram óptimas. Toda a gente que goste de espetadas de carne irá adorar estas espetadas.

terça-feira, 3 de março de 2015

Salada Colorida e Nutritiva

Aqui está uma das minhas refeições favoritas! Adoro batata-doce, adoro abacate e adoro quinoa. Tudo na mesma salada!
Salada Colorida e Nutritiva

Ingredientes:
2 a 3 batatas doces médias
2 xícaras de quinoa cozida
1 abacate maduro
1 lata de grão cozido (ou 1 + 1/2 xícaras de grão cozido)
1 cenoura ralada
espinafres, alface e outros verdes a gosto
hummus a gosto
azeite
paprika
sal

Instruções:
Lavar muito bem as batatas doces e cortar em cubinhos (não descascar).
Num tabuleiro forrado com papel vegetal, deite os cubinhos de batata doce, 1 fio de azeite e um pouco de sal. Com as mãos ou com ajuda de uma colher, misture bem as batatas para ficarem todas cobertas de azeite e sal. No final, separe-as para que não se colem umas às outras.
Noutro tabuleiro (ou no mesmo, caso tenha espaço) deite o grão escorrido, cubra com 1 fio de azeite, sal e paprika a gosto.
Coloque no forno a 200ºC por cerca de 15 minutos.
Passado esse tempo, com a ajuda de uma espátula ou colher mexa de novo nas batatas doces e no grão para que possam agora assar no lado contrário.
Coloque no forno por mais 10 a 15 minutos até ficarem ligeiramente tostadas.
Numa taça grande para servir vá colocando os ingredientes ao redor (os verdes, a cenoura ralada, o grão, a quinoa cozida, a batata doce e o abacate).
E, por fim, coloque o hummus ao centro.

Bom apetite! Aqui está uma salada arco-íris!

Sugestão: Pode decorar a salada com umas sementes de sésamo ou de cânhamo :D

Receita adaptada de "The Big Vegan Bowl"


segunda-feira, 2 de março de 2015

Empadão de arroz e Soja

Receita de empadão fácil e saboroso!


Empadão de Arroz e Soja

Ingredientes:

Para o arroz:
1 + 1/2 xicara de arroz carolino
2 dentes de alho
1/2 cubo de caldo de legumes
sal e azeite q.b.

Para o Recheio:
1 xicara cebola branca em cubinhos
45g aipo
90g cenouras
120g cogumelos portbello
2 dentes de alho
tomilho, alecrim e pimenta preta a gosto
1 folha de louro seca
60g ervilhas
1/2 colher de sopa de miso
1 colher de sopa polpa de tomate
1 colher de sopa de molho de soja
1 colher de chá de viangre de cidra
180g água
1 colher de sopa + 1 colher de chá de farinha
1 xicara de soja granulada

Instruções:
Arroz:
Refogue num tacho, um pouco de azeite com 2 dentes de alho, colocando de seguida o arroz já bem lavado, junto com o cubo do caldo de legumes e sal a gosto. Mexa e deixe fritar um pouco. Verta a água até ficar ao nível do arroz. Depois do arroz cozido e solto, feche a tampa do tacho e passe para a preparação do recheio.

Recheio:
Comece por cortar em cubinhos pequenos a cebola, cenoura e aipo.
Corte depois em cubos um pouco maiores os cogumelos e pique o alho.
Deite a cebola, o alho, o aipo e a cenoura numa frigideira anti-aderente em lume médio-alto e deixe cozinhar por 5 minutos mexendo de vez em quando para nao queimar (não é necessario usar azeite).
Adicione os cogumelos e deixe cozinhar por mais 2 minutos.
Adicione um pouco de pimenta preta, as ervilhas e a soja granulada. Juntamente com um pouco de água (apenas a suficiente para a soja amolecer).
Quando a soja estiver já mole adicione o miso e a polpa de tomate.
Mexa e adicione tomilho, louro e alecrim.
Adicione o vinagre e o molho de soja. Mexa.
Misture numa taça as 180g de água com a farinha e de seguida adicione à frigideira. Misture bem. Deixe cozinhar até ferver e até que a mistura fique mais consistente.

Empadão:
Coloque o recheio num tabuleiro de ir ao forno. E por cima coloque o arroz. Espalhe bem.
Coloque o tabuleiro na opção GRILL a 190ºC durante cerca de 20 minutos ou até o arroz tostar um pouco e dourar.

Bom apetite!

Sugestão: Coloque umas rodelas de pepperoni vegetal por cima do arroz, antes de levar ao forno. :D


domingo, 1 de março de 2015

Achados no Aldi

Aqui está o meu primeiro post de achados vegetarianos/vegan.

Achados para vegans no ALDI:

Aqui estão algumas das minhas últimas compras no supermercado ALDI

Produtos na imagem acima:
- Coelhos de páscoa de chocolate negro - 1,59€ cada
- Pão de cereais 750g - 1,99€
- Massa penne integral 500g - 0,89€
- Óleo de Noz 500ml - 2,29€
- Preparado para Brownies - 1,79€ (VER NOTA)
- Caixas de barrinhas de caju - 1,49€ cada embalagem (3 barrinhas cada)
- Caixas de barrinhas de cereais variados - 1,59€ cada embalagem (8 barrinhas cada) (VER NOTA)
- Pão pita 400g - 0,99€
- Moinho de pimentas - 1,19€

Ingredientes de alguns dos produtos (clicar nas imagens para aumentar):
Preparado para Brownies:

Pão de Cereais:

Pão pita:

Coelho de chocolate negro:

Barrinhas de Caju:

NOTA: Tanto o preparado para Brownies como as barrinhas de cereais contêm o emulsionante E322 que é normalmente de origem vegetal mas que também pode ser de origem animal. Já enviei um email ao Aldi para que me possam esclarecer.

Boas compras!